fbpx
Marketing Digital

Tendências do Marketing Digital para 2022

Marketing Digital 2022

Estamos chegando no final de 2021 e claro, os planejamentos para o próximo ano começaram a acontecer e, com eles, as tendências do Marketing Digital para 2022.

Neste artigo iremos abordar tanto as tendências do Marketing Digital, como da comunicação em si, boa leitura!

Dados viraram ouro de vez no Marketing Digital

Um ponto, inclusive já muito batido, é que a transformação digital, que já estava em andamento nos últimos anos, foi acelerada pela pandemia da Covid-19.

A digitalização de processos pôde ser observada nos mais diversos setores ao longo dos últimos meses, mas fica ainda mais evidente quando olhamos para a área da comunicação.

Em um relatório publicado recentemente pela Salesforce, onde entrevistaram mais de  8.200 profissionais de marketing, entre Maio e Junho de 2021, em 37 países – incluindo o Brasil -, mais de 80% afirmaram que a pandemia mudou a maneira de as marcas alcançam o público e impactou suas estratégias de engajamento digital.

Os dados fazem parte do relatório Global State of Marketing, que foi publicado pela empresa em Outubro de 2021.

78% dos profissionais de marketing entrevistados pela Salesforce afirmaram que o engajamento do cliente já é orientado por dados e 83% acredita que a sua capacidade de atender às expectativas dos clientes depende de recursos digitais.

Mas, com a migração acelerada dos consumidores para o ambiente digital, a tendência é que esse número cresça cada vez mais. Para 2022, os profissionais da área esperam um aumento de 75% no número de fontes de dados que usam, em comparação a 2020.

Ou seja, os profissionais de marketing hoje precisam de dados assim como os seres humanos precisam de água. Essa tendência e o crescimento dos dados só foram possíveis devido ao crescimento acelerado do ambiente digital, que possibilita que tudo seja monitorado, desde acesso, leads, conversão, investimento, retorno, enfim, TUDO.

Para nós, isso é extremamente positivo, pois conseguimos realizar de uma forma mais efetiva testes A/B, desenvolver estratégias de growth, performance e acompanhar em tempo real o que está funcionando e o que precisa ser alterado/ajustado.

Aqui, também podemos citar o crescimento da aplicação dos processos de Business Intelligence (BI) como tendência para 2022. 

Essa prática combina análise empresarial, mineração de dados, visualização de dados, ferramentas/infraestrutura de dados e práticas recomendadas para ajudar as organizações a tomar decisões impulsionadas por dados.

Na prática, você sabe que tem o Business Intelligence moderno quando possui uma visão abrangente dos dados da sua organização e usa esses dados para gerar mudanças positivas, eliminar a ineficiência e se adaptar rapidamente às mudanças no mercado ou na cadeia de fornecimento.

Assistentes Virtuais

Segundo dados recentes da Juniper Research, as transações do comércio por voz aumentaram cerca de US$ 4,6 bilhões até o final de 2021, com a possibilidade de alcançar US$ 19,4 bilhões até 2023.

Isso mostra que a jornada do usuário, desde a pesquisa até a compra, tem utilizado cada vez mais de recursos de voz, o que nos leva as Assistentes Virtuais.

O uso delas vem sendo ampliado em todo o cenário mundial e nas tarefas rotineiras do cotidiano, com dicas e prevenções sobre diversos temas, até de forma divertida e cada vez mais humanizada, como Alexa da Amazon, Siri do Iphone, Assistente do Google, entre outros.

Ou seja, incluir estratégias de Marketing que incluam esse tipo de pesquisa e recurso via voz são fundamentais e imperativas para o próximo ano.

Marketing de permissão, ops, conteúdo…

Se você acha que o Marketing de Conteúdo é coisa do passado, você está muito enganado. 

Certamente ele ainda aparecerá firme e forte como tendência de Marketing por muitos anos, devido ao protagonismo do cliente e sua autonomia cada vez maior de se desvencilhar de propagandas tradicionais e só querer interagir e receber o que ele permite e quer. 

A tendência para 2022 para esse tipo de estratégia é muito mais como um  Marketing de Permissão, onde o nosso prospect permite que lhe apresentemos um produto ou serviço, mas desde que ele ganhe algo com isso ou que seja divertido.

As organizações investiram pesado em 2021 e, provavelmente, também em 2022 na produção de conteúdos e nos canais de distribuição. Tal estratégia permite que as comunicações com o público-alvo sejam mais diretas e certeiras.

As estratégias de conteúdo rico são cada vez mais eficazes, não somente no impulsionamento da marca, mas também na geração de novas oportunidades de negócios para as empresas.

Vale ressaltar que é sempre importante estabelecer quem é sua persona, ou seja, seu cliente ideal e público-alvo para a definição da estratégia de jornada de conteúdo.

Aqui, vale ressaltar que os conceitos de Inbound Marketing e Jornada da Experiência do Cliente também continuam em alta. Cada vez mais, entender toda a jornada e anseios do usuário final, ainda é uma tarefa bem grandiosa.

A jornada é constante e evolutiva, sempre temos que olhar para dentro do cliente, colocando-o no centro dos nossos negócios.

Bots e Inteligência Artificial

Os Bots estão cada vez mais humanizados e inteligentes, tendo um grande volume de repertório e respostas, a fim de evitar a sensação de uma interação com um robô pelas pessoas que os acessam. 

A intenção do desenvolvimento dos Bots é melhorar a automação de alguns atendimentos, mas que mesmo sendo automatizado, a sinergia e o contato mais próximo com o cliente seja mantido.

Aqui, a Inteligência Artificial (IA) contribui diretamente, oferecendo toda a criação, a definição de metas e execução da campanha.

As ferramentas abrangem desde a seleção da estratégia de segmentação adequada até a coleta de insights sobre quaisquer campanhas em tempo real.

Responsabilidade Social e ESG

Outro ponto que foi acelerado pela pandemia da Covid-19 e intensificado em 2021 e que, provavelmente fará grande diferença em 2022 é a percepção da necessidade dos consumidores que as marcas sejam mais socialmente responsáveis.

Esta é a era do “cancelamento” e é muito comum que o público se utilize das redes sociais para promover boicotes a marcas que, por exemplo, possam ter sido preconceituosas ou não tenham se posicionado contra algo que esteja em alta, como as causas raciais ou educação, por exemplo.

Um exemplo recente foi o caso do biólogo Sérgio Rangel, que é professor e compartilha curiosidades sobre animais na internet e seu celular antigo, que é um Samsung, quebrou. Ele puxou uma hashtag no Twitter para pedir ajuda à empresa de celular,  para que possa conseguir um novo aparelho.

O que aconteceu é que a hashtag foi levantada, muitas pessoas apoiam e engajam com o trabalho do professor e marcaram a Samsung que, infelizmente, perdeu uma grande oportunidade que foi aproveitada pela Xiaomi:

O fato é que, essa resposta da Samsung, além de repercutir de forma negativa para a marca, gerou uma onda muito positiva a favor da Xiaomi que, tendo enviado um celular ao biólogo, ganhou postagens mostrando a desenvoltura da câmera e ainda criou uma imagem extremamente positiva a todo o público do Twitter que acompanhou o caso.

A Responsabilidade Social e a imagem e reputação da marca é algo que deve ser construído e reiterado todos os dias, em todas as ações e isso provavelmente será cobrado em 2022: a marca engaja e outros conceitos de branding devem ser bem planejados e utilizados da melhor maneira para que a empresa colha todos os frutos dessa estratégia.

Marcas tradicionais precisam se reposicionar diante de causas urgentes da sociedade atual e gerações futuras. Aqui, vale citar o ESG que vem crescendo cada dia mais e, já sendo uma tendência de 2021, se manterá em 2022.

A sigla ESG vem do inglês Environmental, Social and Governance e se refere a todas as práticas ambientais, sociais e organizacionais que podem ser aplicadas em uma empresa em prol do desenvolvimento socioambiental, integrando boas causas sem se desvincular do sucesso financeiro.

Para se aprofundar sobre o tema, leia: ESG: O que significa e como incorporar na sua empresa.

Quais são as principais tendências de comunicação para 2022?

A Comunicação foi a habilidade mais buscada entre 2020 e 2021 pelas empresas, assim como gestores de comunidade. 

Isso ocorre porque hoje as marcas dialogam diariamente com seu consumidor final, necessitando que esse trabalho seja feito de forma muito mais criteriosa.

Em 2022 a intenção é que a comunicação cresça ainda mais e alguns pontos precisam estar na linha estratégica da sua empresa:

Diversidade e inclusão em campanhas, ações e projetos digitais:

As pautas igualitárias seguem crescendo no mundo inteiro, devido a grande temática que estamos passando ao longo desses dois últimos anos pela construção de um mundo melhor.

Hoje, empresas são cobradas por um posicionamento assim como celebridades e é importante que isso esteja no radar na hora de planejar o próximo ano. 

Mas atenção, se for apenas se declarar como a favor das causas da diversidade e inclusão, para ganhar público, é melhor se manter silente. Mais do que declaração, é importante que ocorram políticas internas para que seu discurso seja consonante ao que você fala, para que isso tudo não vire um grande tiro no pé.

Acessibilidade na oferta dos conteúdos e na construção dos canais:

Acessibilidade Digital começou a entrar em pauta de uns anos pra cá e crescerá ainda mais em 2022.

Em uma pesquisa realizada pelo Movimento Web Para Todos e o Big Data Corp em 2019 identificou que a maior parte dos sites no Brasil encontravam-se inacessíveis a mais de 45 milhões de cidadãos que possuem alguma deficiência e, na variação de agosto de 2019 a abril de 2020 a variação quanto ao aumento da acessibilidade foi mínima, de 0,61% para 0,74%.

Ou seja, ainda temos muito a caminhar. Caso queira se aprofundar no assunto e já incluir acessibilidade no seu planejamento para esse próximo ano, leia: Acessibilidade digital: entenda o que é e como criar campanhas mais inclusivas para sua empresa.

Experiência omnichannel:

A experiência do cliente importa!

Por isso, uma abordagem Omnichannel é fundamental para garantir que as pessoas encontrem o que precisam no momento certo e da forma mais adequada ao contexto delas.

A estratégia, que está crescendo e é uma das tendências para 2022, consiste no uso simultâneo e interligado de diferentes canais de comunicação e serviços, com o objetivo de estreitar a relação entre online e offline, melhorando assim a experiência entre marca e consumidor.

Eventos híbridos, mesmo após a redução dos impactos da pandemia da Covid-19:

Os eventos híbridos, que são a junção do online com o offline vieram pra ficar.

Primeiro, porque muitas pessoas ainda não se sentem seguras em frequentar eventos presenciais e, segundo, porque aumentam o alcance, reduzem custos e aumentam o engajamento.

Marketing de influência:

Os influenciadores saíram do papel de meros garotos propaganda para cocriadores de conteúdo.

Muitas marcas têm se beneficiado de criadores de conteúdo que tem em sua base o público que a marca procura e compartilham dos mesmos valores.

Essa é uma estratégia interessante de publicidade orgânica, onde as pessoas assistem a um vídeo criativo que envolve sua marca e a relacionam aquele perfil que elas gostam e engajam.

Um exemplo legal é o perfil da criadora Vic Gaibar (@vicgaibar) no instagram que faz publicidade de várias marcas, como TokStok, Hotmart e Ebac de forma criativa.

Os próprios Ex-BBB’s entraram nessa e muitos publicam vídeos com as marcas e não apenas fotos fazendo propaganda.

Conclusão

O público tem ficado mais exigente e com isso, o marketing e a comunicação precisam ser mais estratégicos e assertivos para que a gestão e experiência do cliente sejam mais incríveis possível.

Por isso, aposte em um bom atendimento, relação e interação com seu cliente, público e seguidores se quiser ter resultados, vendas e engajamento real.

Estão aí algumas apostas nós, aqui do Time Titânio, e muitos profissionais da área, acreditamos que irá crescer e se tornar tendência e possibilidades para que você chegue com tudo em 2022 e tenha ótimos resultados na sua comunicação e marketing digital.

Quer ficar por dentro de todas as novidades do Marketing Digital? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Linkedin.