fbpx
Marketing

Growth Hacking: por que você deve implementar esta estratégia?

É dever de quem trabalha com marketing digital estar sempre atualizado com relação às novas tendências no mercado.  No entanto, muito além de conhecê-las, é preciso testá-las e acompanhá-las dentro de nossas empresas. 

E por falar em tendências do marketing, se você não conhece o Growth Hacking, pode estar ficando para trás no mercado de trabalho.

Mas, não é preciso desespero. Preparamos um verdadeiro manual para te explicar o que é a metodologia Growth Hacking e como ela pode impulsionar a sua empresa. Principalmente dentro do universo do B2B. Boa leitura!

O que é Growth Hacking?

Growth Hacking é uma metodologia que tem como objetivo o crescimento acelerado e ao mesmo tempo sustentável da empresa. Em resumo, ele cria atalhos para o desenvolvimento do serviço que você oferece. 

Por meio de hipóteses e experimentos, são construídas estratégias que direcionam esforços para os principais problemas do seu negócio. Experimentação é a palavra chave desta metodologia. 

Engana-se quem pensa que essa prática se limita a estratégias já tradicionalmente conhecidas no marketing digital, como os e-mails marketing, o marketing de conteúdo e os testes A/B. Esses conhecimentos são unidos aos dados e à engenharia de software.

Como surgiu o termo Growth Hacking?

O termo growth hacking se popularizou em 2010 pelo marqueteiro Sean Ellis. Ele, que já havia trabalhado em grandes empresas como a Eventbrite e Dropbox, enxergava grandes oportunidades e potencialidades no marketing digital.

A ideia que ele teve há duas décadas atrás pode até parecer óbvia para a gente: direcionar determinados anúncios para determinados grupos de pessoas. A partir dessa percepção, ele analisou empresas que cresceram rapidamente e notou pontos em comum.

Sean Ellis percebeu que essas empresas que possuíam um crescimento acelerado eram focadas em buscar maneiras inovadores de realizar a divulgação dos seus serviços e contratavam uma equipe focada nisso. Ele entendeu que, para negócios de sucesso, era preciso deixar todo o achismo de lado. 

Em 2017, Sean Ellis se juntou a Morgan Brown para lançar o livro “Hacking Growth: a estratégia de marketing inovadora das empresas de crescimento mais rápido”, que reúne os conhecimentos adquiridos pelos dois autores sobre o tema. Recomendamos esse livro para você!

Como aplicar o Growth Hacking na sua empresa?

Em qualquer estratégia de marketing digital, antes de tudo, é preciso definir quais são os seus objetivos. E você já sabe disso.

Com o objetivo definido, é hora de partir para a ação. O Growth Hacker não deve limitar o pensamento a vendas e faturamento. 

Ele deve pensar além e entender o sucesso como algo macro. Para isso, precisa desenvolver uma análise crítica e estratégica com foco nas metas que se deseja alcançar.

Após a definição dos objetivos, confira abaixo o passo a passo completo para aplicar o Growth Hacking na sua empresa:

Tenha pelo menos uma ideia

Após realizar uma análise sobre o produto que você oferece e definir seus objetivos, você precisa saber como alcançá-los. Para isso, é necessário que você tenha pelo menos uma ideia.

Mas, não basta apenas ter uma ideia. Ela precisa ser bem estruturada. Para isso, levante hipóteses levando em conta o tempo que você levaria para implementá-la, possíveis riscos, real efetividade e outros pontos importantes.

Uma dica é colocar em uma tabela qual o objetivo que você quer alcançar, qual a ação idealizada, as ferramentas e equipe envolvida, bem como se pretende mensurar o resultado. 

Acompanhe a sua ideia

De nada adianta ter uma ideia se ela não for colocada em prática. Com as ações definidas, você precisa acompanhá-las para identificar pontos de melhoria e, caso elas não estejam sendo eficientes, partir para uma nova. 

Uma dica é colocar em uma tabela o objetivo que sua empresa quer alcançar, qual a ação idealizada, as ferramentas e equipe envolvida, bem como se pretende mensurar o resultado. 

Com essa modelagem, você tornará a sua ideia compreensível para toda a equipe e tornará o processo muito mais transparente, além de facilitar o acompanhamento e mensuração de resultados. 

Teste a sua ideia

Como já foi dito anteriormente, “experimentação” é a palavra chave do Growth Hacking. A premissa é basicamente realizar experimentos com o menor tempo e recursos investidos, com o intuito de obter rápidas respostas sobre a hipótese.

Vale destacar que os testes AB também são muito eficazes nesse modelo. 

4.  Analise os resultados obtidos

Do que adianta ter uma ideia, colocá-la em prática mas sequer saber se está dando certo? Para isso, você precisa acompanhar e analisar os resultados obtidos. 

As análises devem ser feitas com uma frequência maior do que o comum, já que a metodologia foca no experimento e na rápida mudança de estratégia no caso de erro. 

Dessa forma, você conseguirá mapear os erros, acertos e identificar os pontos de melhoria. 

5. Desapegue da sua ideia

Quando inúmeras tentativas foram feitas e nenhuma deu certo, é hora de partir para a próxima.  É importante não ter medo de arriscar mais uma vez. 

Benefícios do Growth Hacking

Velhas estratégias de marketing já não fazem mais sentido no mundo acelerado e conectado onde vivemos. 

Empresas que utilizam o tempo ao próprio favor crescem mais. Entenda abaixo por que você deve aplicar a metodologia Growth Hacking no seu negócio:

Crescimento acelerado

Growth Hacking não é perda de tempo. Empresas que se dispõem a investir na metodologia tendem a crescer mais rapidamente.

Isso acontece porque, antes de ser de fato aplicada, a nova estratégia é cautelosamente testada e analisada. 

Ótimo custo benefício

Uma das principais premissas do Growth Hacking é propor soluções baseadas em testes empíricos, que são rápidas, criativas e sustentáveis. 

Seguindo os passos que o Growth Hacking propõe, você conseguirá identificar e solucionar os problemas da sua empresa de forma ágil, além de evitar prejuízos com estratégias que não dão certo. 

Acumulação de aprendizados para novos desafios

A estruturação e acompanhamento dos processos possibilita a manualização destes para novos aprendizados.

Não se pode entender essa manualização como algo burocrático. Afinal, podemos tirar proveito até mesmo das nossas ideias que não deram certo.   

Não se limita a um experimento por vez

Experimentar não é um procedimento rápido. Ele exige dedicação. Por outro lado, se você limitar seu tempo a somente uma experimentação, ficará estacionado. 

A metodologia Growth Hacking permite que você faça diferentes experimentos ao mesmo tempo. 

Qual é a diferença entre Growth Hacking e Marketing?

Ainda que o Growth Hacking seja constantemente colocado como uma forma de fazer marketing, é fundamental entender a diferença entre o Growth Hacking e as práticas tradicionais de marketing.

O Growth Hacking é uma estratégia que implementa melhorias a fim de direcionar um processo para um crescimento. Quem faz Growth está sempre em busca de melhorias e em maneiras de colocá-las em prática.

O marketing tradicional tem como principal objetivo lançar estratégias de marketing a médio e longo prazo. Já o Growth Hacking preza por tornar o seu produto conhecido no mercado e com retorno financeiro.

O Growth Hacking está preparado para um rápido crescimento e a curto prazo. Startups que utilizam a metodologia chegam a quadruplicar os resultados em um mês. Essa velocidade pode causar um estranhamento no marketing tradicional.

Por que aplicar o Growth Hacking em empresas B2B?

Engana-se quem pensa que o Growth Hacking é uma metodologia que só deve ser utilizada por startups recém-chegadas no mercado. A metodologia também pode ser bastante eficaz em empresas B2B.

De nada adianta conseguir atrair a sua audiência e não oferecer um produto de qualidade.  O Growth Hacking B2B pode ser um poderoso aliado no seu relacionamento com clientes e stakeholders.

A metodologia permite que você saia do convencional e realize diferentes experimentos ao mesmo tempo.  Com essa testagem acelerada, você consegue mudar o que não dá resultado e ampliar a comunicação com outras empresas.

O Growth Hacking capacita os profissionais da sua empresa na análise de métricas, isso fará com que você domine os canais de comunicação e entenda quais são os mais efetivos.

A metodologia Growth Hacking é voltada para empresas inovadoras e com sede por conquistas. O mais importante é ter paciência e entender que os resultados podem demorar a aparecer, mas com certeza serão exponenciais.


Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a Titânio. Nosso time de especialistas vai realizar uma análise do cenário digital da sua empresa e propor a melhor solução. 

Gostou do conteúdo? O texto que preparamos sobre XXX também pode ser interessante para você!