fbpx
Marketing

Como usar dados de inteligência artificial no marketing B2B?

A pandemia do coronavírus trouxe impactos também no universo do Marketing. Seja para lazer, estudo ou trabalho aumentamos o nosso tempo diante das telas. Com essa aproximação cada vez maior com a tecnologia, é fato que a maneira como as empresas se comunicam também sofreu transformações.

Esse impacto foi sentido sobretudo nas empresas que trabalham com o segmento B2B, onde o contato para negócios dependia bastante de eventos ou reuniões presenciais para acontecer e tiveram que se adaptar ao novo mundo digital.

Essa comunicação virtualizada fez com que as empresas apostassem cada vez mais no uso de dados e na integração de inteligência artificial,  com o uso de chatbots,  para se relacionarem com os clientes. 

Dados da pesquisa “O Status do Marketing BRB- Edição 2022“, realizada entre julho e outubro de 2022 ,mostrou que essa é a realidade de 75.4% dos profissionais à frente da área de Marketing das empresas B2B.

Mas, será que essa estratégia é realmente eficaz? E como utilizar os dados de inteligência artificial no seu planejamento de marketing B2B? Se você tem dúvidas sobre esse assunto, segue a leitura aqui com a gente neste artigo!

Entendendo o conceito de Inteligência Artificial

Assim como o marketing, a inteligência artificial facilita e transforma os diferentes mercados os quais a sua empresa tem contato.

Quando se fala em inteligência artificial, a primeira coisa que vem à nossa cabeça é o uso de robôs. 

No entanto, o conceito não necessariamente se limita a essas figuras complexas, mas também a computadores, dispositivos e softwares. A Inteligência Artificial (IA) nada mais é do que a capacidade de máquinas reproduzirem o comportamento humano.

Em resumo, a IA otimiza o trabalho humano e assume a responsabilidade de realizar uma tarefa e possibilita aos funcionários da sua empresa a liberação para resolver problemas mais complexos. Essa funcionalidade é vantajosa sobretudo para empresas B2B,  que possuem uma mão de obra maior.

Para ter uma compreensão ampla sobre a IA,  outros dois outros conceitos precisam ser conhecidos: Big Data e Machine Learning. 

Big Data

Já pensou se você pudesse colocar em um pen drive todos os seus “rastros” durante o dia desde acordar até a hora de dormir? De maneira análoga, o Big Data corresponde a esse conjunto gigantesco de dados.

Mas, a maioria desses dados sequer é estruturada. É aí que entra o papel da inteligência artificial. Ela é responsável por analisar e filtrar esses dados, de modo a criar padrões de comportamento que otimizam as atividades da sua empresa

Deep Learning x Machine Learning

O Deep Learning representa um conjunto de algoritmos que é construído por meio da análise dos dados. Esse termo é bastante confundido com Machine Learning, mas se tratam de dois termos diferentes. 

Machine Learning tem  como principal característica o trabalho linear. Já o Deep Learning trabalha em camadas encadeadas de forma hierárquica o que possibilita análises  mais profundas sobre o Big Data. 

Esse algoritmo está mais presente no seu dia a dia do que você imagina. As sugestões de lojas que aparecem nos anúncios quando você entra em um site, por exemplo, são o resultado da análise feita do big data. 

Marketing digital e Inteligência artificial para empresas B2B, como utilizar?

O Marketing Digital para empresas B2B  possui características bem específicas. Isso porque ela envolve uma construção de relacionamento a longo prazo com as outras empresas, que muitas vezes é mais influenciada por benefícios na hora da contratação do que pela própria emoção do cliente.

Por meio da IA, você poderá otimizar a construção de relacionamento com outras empresas gerando leads de maneira rápida e efetiva. Confira abaixo como a inteligência artificial pode melhorar a captação de clientes pela sua empresa. 

1.  Curadoria de conteúdo com base em dados

Os filmes que aparecem para você assistir na Netflix não são iguais aos que aparecem para seus colegas de trabalho, correto? A resposta parece óbvia: vocês possuem gostos diferentes. 

Mas, como a plataforma de streaming sabe disso? Através da análise do conteúdo que você consome.  Com base nos dados ela consegue identificar qual o seu gênero cinematográfico favorito, quais atores você anda pesquisando e por aí vai. 

Com o uso da IA, você conseguirá identificar o gosto do seu cliente e oferecer mais conteúdos similares e personalizados de modo que isso aumente a permanência dele na sua página. Essa estratégia pode aumentar o ranqueamento do seu site no Google.

2. Leads Qualificados

Quem trabalha com B2B sabe que possui um público específico e bem informado. Para ser assertivo nas campanhas, é preciso ter um lead bem qualificado. E não é por acaso que um dos principais benefícios da Inteligência Artificial é decifrar o que proporciona mais Marketing Qualified Leads (MQLs) e Sales Qualified Leads (SQL).

Os dados são atualizados após cada venda feita, o que facilita o mapeamento de novas vendas proporcionando o mapeamento de estratégias.

3. Personalização de conteúdo

As empresas que trabalham com o segmento B2B necessitam ter um contato cada vez mais frequente com o cliente, para fidelizá-lo. Uma das principais vantagens da IA é proporcionar Chatbots que auxiliam os compradores em eventuais problemas.

Esses bots mantém contato com o seu cliente. Por meio de dados já existentes sobre o consumidor, a IA compreende a necessidade dele e o direciona para uma solução. Essa tarefa pode otimizar o trabalho da sua equipe de atendimento.

É importante ressaltar que os chatbots não substituem por completo o contato físico e a comunicação direta empresa-cliente. Por isso, prepare sua equipe para situações em que a IA não poderá ajudar o seu cliente com o que ele precisa.

4. Automação do marketing

A automação do marketing pode facilitar bastante o trabalho dos funcionários da sua empresa. A partir de softwares, é possível realizar com rapidez uma série de ações, como pontuação de leads e segmentação de clientes.

A inteligência artificial sabe exatamente do que os consumidores precisam. É possível até mesmo enviar um e-mail exclusivamente para um único cliente.

5.  Maior desempenho nos anúncios pagos

Sabemos que o público do B2B é muito mais movido pela razão do que pela emoção. Por isso, ele leva muito mais tempo para tomar a decisão de compra/contratação.

Uma das maneiras de acelerar a compra é investir em mídia paga, que também faz uso da inteligência artificial. Após você dar informações para criar as campanhas, o banco de dados interpreta essas informações de modo a criar diversos anúncios os adequando de acordo com o público.

6. índices de Churn reduzido

Para quem não lembra, o termo “churn” é utilizado para representar uma métrica que indica o quanto sua empresa perdeu em compradores. Esse dado é fundamental para mensurar o crescimento na empresa e para identificar pontos de melhoria na jornada do cliente.

Com ações personalizadas para cada necessidade dos diferentes clientes, é possível melhorar o seu relacionamento com ele, garantindo mais chances de fidelização.

Se você quer saber mais sobre o assunto, não deixe de ler este artigo sobre “O que é Churn”. 

7. Reconhecimento de voz e imagem

A inteligência artificial torna as buscas por voz e imagens mais exatas. Com isso, é possível ajudar sites de e-commerce para indicar não somente produtos com base nas compras anteriores do usuário, mas também em produtos similares.

Ainda existem empresas que fazem uso da inteligência artificial para a precificação do produto, cujo valor aumenta com a maior procura.

Case de sucesso: empresas B2B que fazem uso da inteligência artificial para potencializar os resultados

A inteligência artificial está presente em boa parte da sua jornada na internet. Assim como na dos seus clientes também. E não é por acaso que empresas renomadas no mercado fazem utilização desse recurso para crescer exponencialmente. 

A inteligência artificial está presente, por exemplo, quando a Amazon envia por e-mail ofertas que se assemelham com suas últimas compras no site.  Ela também é responsável pelas playlists diárias que o Spotify oferece para você. 

Também não é difícil encontrar empresas B2B que fazem uso da inteligência artificial para potencializar os resultados.  Um exemplo é a Rodonaves, uma transportadora brasileira que utiliza softwares para enriquecer a jornada do cliente. 

Por meio de análise de dados e interpretação de mensagens de texto, a transportadora propõe a solução para as necessidades dos clientes no chat e também realiza o rastreio de encomendas. 

Conclusão

Em um mundo cada vez mais conectado, é fato que a inteligência artificial precisa fazer parte da sua empresa. Ela otimiza o serviço dos seus colegas de trabalho e dimunui os gastos, fazendo com que você aumente a produtividade e o lucro.

Trabalhar com marketing no  B2B significa manter uma relação constante com o cliente para fidelizá-lo. E você só vai conseguir fazer isso caso conheça os reais gostos e necessidades dele. 

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Nossa equipe está disposta a te ajudar! Entre já em contato e potencialize os resultados da sua empresa!